Compressor


O compressor de ar pode ser utilizado por diversos profissionais, segmentos do mercado e até mesmo para uso doméstico. Para cada função, é exigida uma capacidade (baixa, média e alta) do equipamento.

Uso Doméstico

Nesse caso, o recomendado é  um compressor de ar com baixa capacidade, o qual permite  realizar diversas atividades em  residências, entre elas o enchimento de pneus de bicicletas e carros,  colchão de ar, renovar a pintura da casa, envernizar móveis e até mesmo pulverizar plantas.

Uso Profissional

Neste caso, existem Compressores de baixa capacidade e de média capacidade. Os equipamentos de baixa capacidade são de pequeno porte, bastante utilizados por dentistas, no enchimento de objetos infláveis, para aerografia e até mesmo na pulverização de plantas, muito útil para jardinagens e grandes áreas verdes.

Já os compressores com capacidade média são muito utilizados em oficinas mecânicas e borracharias, pois é necessária uma compressão mais precisa do ar. Também podem ser utilizados no segmento de transportes, como por exemplo, ferroviários e públicos, compondo o sistema de freio dos veículos.

Uso Industrial

Compressores de ar utilizados na indústria possuem grande capacidade de compressão. Geralmente possuem três pistões e são  utilizados em grandes sistemas pneumáticos de fábricas e oficinas.

Manutenção e Cuidados Especiais

Para manter o equipamento em perfeitas condições de uso e reduzir os gastos com manutenções, confira algumas recomendações de manutenção e cuidados especiais:

  • Verifique semanalmente o nível do óleo de lubrificação. Recomenda-se a troca de óleo após um mês da primeira operação. Após o primeiro mês de uso, a troca de óleo pode ser trimestral, ou de acordo com as recomendações do fabricante;
  • Limpe, semanalmente, o compressor. Os acúmulos de resíduos prejudicam a dispersão do calor, afetando o funcionamento do equipamento;
  • Mensalmente, verifique a tensão das correias, pois elas podem prejudicar o equipamento, caso estejam operando incorretamente;
  • Crie um cronograma de vistoria do equipamento para encontrar vazamentos nas válvulas, juntas e tubulações, buscando evitar a dispersão do ar;
  • Teste, periodicamente, o funcionamento da válvula de segurança e verifique as juntas do cárter para evitar perdas de óleo lubrificante do compressor;
  • Preste atenção na fixação das serpentinas resfriadoras afim de evitar que, em decorrência da vibração, elas sejam rompidas ou soltas do compressor;
  • Dependendo das condições do ambiente em que o compressor opera, remova e limpe o filtro de admissão semanalmente ou a cada mês.

Além dessas recomendações, é muito importante a utilização dos EPIs para cada tipo de trabalho. Evite acidentes ao usar óculos de proteção, luvas, macacões e protetores auditivos, entre outros indicados para a sua atividade.